Etiqueta do Dharma

Quando entrar em contato com os ensinamentos de Buda, é útil conhecer os modos básicos que possa mostrar respeito pelos ensinamentos, que são considerados preciosos. O comportamento de acordo com esses modos não significa que a pessoa seja Budista ou concorda completamente com os valores ou a validade do Dharma, mas, expressa, meramente, respeito por ele.

Livro de Dharma
Livros, cadernos e outros materiais de leitura Budistas devem ficar em lugares limpos. Não se deve sentar sobre eles, passar os pés por cima deles ou pisar neles, ou ainda colocá-los diretamente no chão. Um pano embrulhando os livros pode ser usado quando transportados ou guardados. Será útil colocar os livros o mais compactados possível junto do seu assento, para permitir que outras pessoas possam caminhar facilmente. Além disso, papéis, com anotações do Dharma não devem ser levados ao banheiro ou descartado em lugares sujos. Para descartar, eles podem ser incinerados ou podem ser postos em recipientes especiais disponível para esse propósito.

Escutando os Ensinamentos de Dharma
Tudo bem em trocar a posição durante os ensinamentos de Dharma quando estiver sentado, mas esteja atento para não apontar as solas de seus pés – simbolicamente a parte mais baixo e, freqüentemente, a menos limpa de seu corpo – diretamente para o mestre, altar ou em cima de seus livros de Dharma. Fazer isto é considerado descuido e desrespeitoso. Enquanto estiver escutando os ensinamentos de Dharma, a pessoa tenta mostrar respeito pelo mestre e pelos ensinamentos não usando chapéus ou sapatos e não se sentando mais alto que o mestre. A pessoa deveria evitar também deitar ou relaxar inclinado contra a parede (isto também ajudará a previnir de ficar com sono!).

Prosternações
Embora muitos estudantes executem três prosternações antes de se sentar, isto não é estritamente necessário. As prosternações funcionam efetivamente para diminuir o falso orgulho e fazer a mente mais receptiva, mas não é necessário que a pessoa adote esta prática. A pessoa também pode fazer prosternações reunindo as mãos na altura do coração no mudra de prosternação ou, mentalmente, visualizando a pessoa se prosternando.

 

Por favor, sinta livre para fazer qualquer pergunta sobre tudo o que fazemos no Centro. No princípio, pode parecer que há um monte de rituais complicados, mas não leva muito tempos para começar a ficar familiarizada com o básico. Todo o mundo tem uma história da primeira vez que foi para um Centro Budista!